Luiz Felipe Pondé

As duas faces de Eva

O filósofo paulista Luiz Felipe Pondé falou ontem em sua palestra no MAM sobre a dicotomia prostituta versus santa que vive em toda mulher. O colunista da Folha de São Paulo estudou as imagens de prostitutas do fotógrafo francês Antoine D’Agata e fez uma reflexão sobre Mulher: Santa ou Prostituta?

O curador do A Gosto da Fotografia, Diógenes Moura, mostrou, durante a explanação de Pondé, imagens de D’Agata apresentadas em exposição no festival do ano passado. As fotos foram tiradas em um bordel soteropolitano. Segundo o filósofo, a prostituta sempre vai existir, porque é a garantia de fantasia para homens que procuram prazer sem fazer esforço. “O sexo está relacionado ao proibido e, como escreveu o dramaturgo Nelson Rodrigues: ‘toda nudez será castigada’”, afirmou Luiz Felipe.

O ciclo de palestras do termina com palestra do jornalista, crítico e doutor em Comunicação e Semiótica, Rubens Fernandes Junior, que discorre sobre a Fotografia como Memória – O Processo de Criação, às 16h30, no auditório do MAM. Fotografia Shirley Stolze

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: